terça-feira, 26 de abril de 2011

Tratado das Fadas (Édouard Brasey)

Ismaël Mérindol é uma criança das fadas, isto é, um filho de seres feéricos deixado para ser criado entre humanos. E é através da sua história que este indivíduo apresenta, em linhas essenciais, os fundamentos da natureza, ligações e forma de vida das fadas, bem como as suas acções através dos tempos.
Seguindo a mesma linha do Tratado de Vampirologia, surge agora esta obra dedicada às fadas. Com uma edição cuidada, ilustrações interessantes e um conteúdo que me parece bastante mais completo que o do livro dedicado aos vampiros, este tratado adquire uma certa envolvência pela forma mais pessoal como é apresentado. A história de Ismaël surge como ponto central da primeira parte deste livro (que é também a mais interessante), proporcionando uma leitura mais cativante na medida em que a informação vai sendo intercalada com uma linha narrativa interessante.
Já a segunda parte, na qual outros "tratados famosos" são reproduzidos, adquire um tom bastante mais denso, em contraste com a voz quase leve da narrativa de Ismäel. Há, ainda assim, também muito de interesse nestes textos e a visão global que fica desta leitura é bastante completa no que à natureza das fadas diz respeito.
Uma leitura interessante, ainda que não propriamente compulsiva e que, para além de toda uma base de conhecimentos relativos às fadas, apresenta uma história interessante no relato da vida de Ismäel Mérindol. Gostei.

1 comentário:

  1. Neste mês (até 30 de Abril), em comemoração à PÁSCOA, nas compras de livros com valor igual ou superior a 5€ o ALFARRÁBIO Livrilusão oferece como prenda um tablete de CHOCOLATE para adoçar a sua leitura.

    Acesse: www.livrilusao.com

    ResponderEliminar